Arquivo para 10 de março de 2011

Cruzeiro amarga um empate contra o Tupi em Juiz de Fora, com sabor de ressaca

Por Tiago Evaristo

Bem vindos amigos do Celeste blog! Jogando em Juiz de Fora, o Cruzeiro não passou de um amargo empate de 0 x 0, com o Tupi na noite de quarta-feira, em partida antecipada da 10ª rodada do Campeonato Mineiro, perdendo assim a chance de assumir a liderança da competição.

Um jogo horrível, difícil, e confuso de se ver. Com um time misto sem os principais jogadores, e com o craque Montillo perdendo um pênalti, a equipe de Cuca ainda impôs seu ritmo de toque de bola e jogou melhor do que o adversário. Mas a superioridade tática não foi suficiente para que as redes se balancassem… Algumas subtituições confusas também foram o ponto curioso da partida (por exemplo, Rômulo por Dudu). Talvez a falta dos “principais” foi o fator principal para o empate, com a feliz atuação do Goleiro da equipe do Tupi, Rodrigo.

Embora o “misterioso” empate, a equipe Celeste, ocupa a 2ª posição no Mineiro com 13 pontos, mesma quantidade do Líder América, ficando atrás somente no saldo de gols. Não acho que seja uma situação de se preocupar. Até porque sabemos que o Cuca prioriza a Libertadores. Mas deixar o Mineiro escapar novamente este ano também não dá… Seria agora o momento da torcida empurrar a equipe!

FICHA TÉCNICA
TUPI 0 X 0 CRUZEIRO

Local: Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora
Data: 09 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Alício Pena Júnior (CBF/FMF)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (CBF/FMF) e Jair Albano Félix (CBF/FMF)
Cartões amarelos: (Tupi) Assis, Yan, Paulo Roberto e Claudinho Baiano (Cruzeiro) Leandro Guerreiro, Rômulo, Mauricio Victorino e Thiago Ribeiro

TUPI: Rodrigo; Leonardo (Wesley Ladeira), Paulo Roberto e Fabrício Soares; Felipe Cordeiro, Marcel, Claudinho Baiano (Evandro Teixeira), Michael Cury (Evandro) e Assis; Michael e Yan
Técnico: Leonardo Condé

CRUZEIRO: Fábio; Rômulo (Dudu), Mauricio Victorino, Gil e Everton; Marquinhos Paraná (Farías), Henrique, Leandro Guerreiro e Montillo (André Dias); Wallyson e Thiago Ribeiro
Técnico: Cuca

Twitter; @tiagoevaristo

Anúncios

PÓS-JOGO – CRUZEIRO 0 X 0 TUPI

Por @Cruzeiro_News;

No estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora, o Cruzeiro empatou sem gols com o Tupi após um jogo com pênalti perdido, gol anulado e uma atuação de gala do goleiro Rodrigo, do Tupi.

PRIMEIRO TEMPO:

O Cruzeiro foi melhor na etapa inicial e tomou o comando do jogo. O time criou e muito, mas o goleiro do Tupi fez milagres de baixo da trave. Depois de jogada individual, Wallyson sofreu pênalti e Montillo errou após bater muito forte na bola e pegar no travessão. É o segundo pênalti que o craque do meio campo celeste perde com a camisa azul. Antes errar agora, do que errar em um jogo decisivo de Libertadores.

O Cruzeiro priorizou os ataques pelo lado direito com Rômulo, Wallyson ou Montillo, mas na maioria das vezes cruzou a bola pra área, sem ter um centroavante para finalizar.

O ponto fraco do Cruzeiro no primeiro tempo foi à zaga, que teve GIL em uma péssima partida e Leandro Guerreiro errando tudo que tentava. VICTORINO foi sensacional. Jogador fino, tranquilo, que é incapaz de dar um chutão. Varias vezes durante o jogo, saiu da direita para apoiar o GIL na esquerda.

SEGUNDO TEMPO:

Na volta do segundo tempo, Cuca tirou Montillo que reclamou de dores no joelho (Segundo o médico do Cruzeiro não é uma lesão, e sim um desconforto) e colocou André Dias que pouco contribuiu, mas fez um gol corretamente anulado.

Com a saída do melhor meia do Brasil, o Cruzeiro perdeu o meio campo e não conseguia criar. Na única vez que Fábio tocou na bola, fez uma defesa sensacional, provando ser o melhor do Brasil na posição. O Tupi dominou a maior parte do segundo tempo, mas não ofereceu perigo ao Cruzeiro, que também deu trabalho ao goleiro Rodrigo com Everton, Dudu e Farias.

Ótima atuação do goleiro do Tupi, e o segundo empate consecutivo sem gols do Cruzeiro (o ultimo contra o Tolima). O time celeste agora assume a segunda colocação com 13 pontos e 1 jogo a mais que o líder América que tem a mesma pontuação.

OBS: Na coletiva após o jogo, o técnico Cuca, mostrou que não gostou de ter tirado o Wellington Paulista do time. Treinador disse que ele fez falta devido às condições do jogo e ainda disse que hoje, é o melhor atacante do Cruzeiro.

@Cruzeiro_News on twitter

Após Carnaval, grandes partidas esquentaram as rodadas dos Estaduais pelo Brasil, com direito a bela exibições de Neymar, maestro na vitória do Santos, e Rafael Moura no Fluminense

Por Tiago Evaristo;

Na semana do carnaval, quem pensou que teríamos jogos ruins, com baixo nível técnico devido os fatos certos e indiscutíveis, que os jogadores caíram na gandaia do Carnaval, se enganaram. A tirar o fatídico empate por 0 x 0 no jogo do Cruzeiro, em MG, a média de gols, e a qualidade das partidas foram bastante empolgantes. Tiramos algumas conclusões nesta semana. Alguém dúvida que o garoto Neymar e a melhor revelação no futebol Brasileiro nos últimos anos? A julgar pelos 2 maravilhosos gols, que ele marcou na partida contra a Portuguesa. Enquanto Rafael Moura fazendo gols decisivos em praticamente todas as partidas? Alguns pontos a serem levados em consideração que ficaram marcados nesta rodada dos estaduais por todo o Brasil.

A noite do craque

Neymar e de fato um craque. Após curtir baladas no carnaval em Salvador, e Rio de Janeiro, o garoto Santista, jogou com tamanha maestria e ferocidade de um animal acuado sem água e comida. Com 2 gols, no “estilo Messi” e uma assistência milimétrica, a estrela decidiu a partida praticamente sozinho, ainda de quebra devolveu a confiança ao torcedor santista, que andou meio desconfiado, devido os de tropeços na Taça Libertadores. 3 x 0 sobre a Portuguesa quarta-feira passada.

He – Man, tem a força e volta a marcar

A competição prioritária do Fluminense com certeza e a Libertadores. Competição que, a equipe Carioca encontra-se em uma situação no mínimo delicada, correndo grandes riscos de não se classificar para a fase de mata-mata devido seus tropeços dentro, e fora de casa. Nem a equipe do América era o do México, adversário do duelo de vida ou morte na competição internacional que acontecerá no dia 23 de março. A vítima da reabilitação foi o América do Rio, no Engenhão. Venceu e convenceu por 3 x 1, jogo válido pela Taça Rio. Diversos pontos positivos foram observados, como por exemplo, a melhor atuação de Conca este ano. O jogador que operou o joelho esquerdo no início do ano, e desde que retornou teve desempenho insatisfatório. Andando poupado em algumas partidas nesta ele desencantou. Abriu o placar, e deu bela assistência para um dos 2 gols de Rafael Moura.

O conhecido “He-Man”, Agora com 7 gols, 2 apenas atrás de Fred na artilharia da equipe no ano. A prova de fogo da reabilitação esta logo neste Domingo. Onde enfrentarão o “Bonde do Flamengo”, atual campeão da Taça Guanabara. Basta saber se o craque Ronaldinho Gaúcho após tanta gandaia no Carnaval vai jogar a metade do que anda mostrando, mas suas partidas…

sigam @tiagoevaristo no Twitter!


Meu Perfil;

Acadêmico de direito, colunista do Jornal Folha do Lago, blogueiro por opção e com opinião, Praticante de Jiu-Jitsu, Cruzeirense apaixonado pelo melhor time brasileiro do século XX. Fui testemunha ocular de grandes jogos, e grandes jogadores. Imparcialidade, seriedade, e credibilidade ao nosso futebol mineiro, e claro, o nosso querido clube "Celeste", o terror da Sulamérica.

O que você acha?

Mais enquetes em 2012!

Agenda Celeste

março 2011
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Adicione seu email e clique para assinar nosso blog e receber notificações de novos artigos por email grátis!

Junte-se a 5 outros seguidores

Anúncios